Ir para Conteúdo principal
COVID-19 - Medidas adoptadas pela Justiça
Reabertura das conservatórias de Registos
DGRSP

Noticias da DGRSP

VIII Edição do Concurso “A Ética na Vida e no Desporto”

O PNED organizará brevemente a cerimónia de entrega dos prémios
21 jul 2020, 11:57

O Instituto Português do Desporto e Juventude, (IPDJ), no âmbito do Plano Nacional de Ética no Desporto (PNED) e em parceria com o jornal “A Bola”, a Direção Geral de Reinserção e Serviços Prisionais, a Direção Geral de Educação/Desporto Escolar, a Fundação do Desporto, a Direção Regional do Desporto do Governo dos Açores e a Secretaria Regional de Educação do Governo Regional da Madeira, promoveu a VIII Edição do Concurso Literário “A Ética na Vida e no Desporto”, iniciativa que tem por objetivo estimular a produção de trabalhos escritos relacionados com a Ética na Vida e no Desporto.

Este concurso, destinado desde a sua criação em 2012 a estudantes do ensino secundário do ensino público, particular e cooperativo de Portugal Continental e Regiões Autónomas dos Açores e Madeira, passou a abranger igualmente, a partir de 2014, a população prisional e os jovens dos centros educativos que frequentam esses graus de ensino, na sequência da celebração de um Memorando de Entendimento entre a DGRSP e o IPDJ que criou um concurso extraordinário.

Concluído, no passado dia 30 de junho, o trabalho de avaliação por parte do júri dos textos a concurso para atribuição dos prémios relativos à VII, foi deliberado atribuir a seguinte classificação relativa ao concurso extraordinário:

  1. Nunca é tarde se realmente queres” - David Marin Risueno (EP do Funchal)
  2. A vida na cadeia” - Ana Filipa de Sá Gonçalves (EP S. Cruz do Bispo Feminino)
  3. A Ética na Vida e no Desporto” - André Figueiredo (EP de Silves)

Foi deliberado ainda atribuir uma Menção Honrosa aos seguintes textos:

Os trabalhos premiados serão publicados na edição “online” do Jornal “A Bola”, sendo atribuído um troféu ao primeiro classificado do concurso extraordinário.

Os prémios serão entregues aos autores dos trabalhos galardoados, ou a quem os representar, em cerimónia pública a realizar em local e data a anunciar pelo PNED.

De salientar o aumento constante do número de trabalhos do concurso extraordinário: